Esgoto

Sistema de Esgotamento Sanitário - Morada do Sol

O Sistema de coleta, transporte, tratamento e destinação final dos esgotos sanitários do condomínio Morada do Sol apresenta a capacidade de atendentimento para  5.000 pessoas, considerando uma contribuição igual a 240l/hab. dia.

Dessa maneira, a estação suporta uma vazão média diária equivalente de até 445,44m³/dia, com um nível de tratamento de 70%, estando totalmente em conformidade com suas diretrizes específicas. A ETE funciona com um tratamento dividido em três etapas:

Primeira Etapa: Responsável pela retirada da areia e de sólidos grosseiros oriundos dos esgotos, através do gradeamento.

Segunda Etapa: Consiste no tratamento biológico e desinfecção, que é a degradação da matéria orgânica até convertê-la quase totalmente em tecido molecular e gases primários. Apresentando as seguintes partes:

  • Reator anaeróbio de fluxo ascendente híbrido com filtro anaeróbio integrado;
  • Conjunto de preparação e dosagem de solução química de cloro para desinfecção do efluente tratado biologicamente;
  • Tanque de contato para desinfecção do efluente tratado biologicamente.

Além disso, o tratamento por oxidação retira um significativo percentual de nitrogênio, fósforo e coliformes termotolerantes através da aplicação de cloro.

Terceira etapa: Tratamento de lodos digerido produzidos constantemente pelo reator anaeróbico. A ETE possui um adensador de lodo,equipamento para espessamento de lodo proveniente da unidade de tratamento de efluentes. Sua finalidade é deixar o lodo com uma consistência apropriada para ser enviado para leitos de secagem ou outras unidades de desidratação.

O efluente tratado é destinado ao rio Uraim para diluição por meio do emissário, que possui 750 metros de comprimento e atravessa a mata ciliar do rio Uraim até a sua margem.

Sistema de Esgotamento Sanitário - Morada dos Ventos

As tecnologias de tratamento de efluentes nada mais são que o aperfeiçoamento do processo de depuração da natureza, buscando reduzir seu tempo de duração e aumentar sua capacidade de absorção, com consumo mínimo de recursos em instalações e operação e o melhor resultado em termos de qualidade do efluente lançado, sem deixar de considerar a dimensão da população a ser atendida. Para tanto, a estação de tratamento Morada dos Ventos possui capacidade para tratar 40m³/h e segue a seguinte estrutura: 

Manta de lodo (UASB) + Lodo ativado (Filtro aerado submerso e Decantador secundário) + Desinfecção (tanque de contado com cloro) Implantação: 3 módulos idênticos e independentes. Ocorrendo ainda, a lavagem para remoção de odores, provenientes de biogás, e a retenção em tanques de acúmulo, para descarte por caminhões limpa- fossa.

Sistema de Esgotamento Sanitário Municipal

A Sanepar realiza atualmente a construção da Estação de Tratamento de Esgoto, que irá atender todo o município com a finalização das fases do projeto. Atualmente, desenvolve-se a construção da primeira fase, que irá inicialmente abranger as áreas de coleta referentes às bacias D e G que correspondem a Promissão III. Os serviços de coleta e tratamento de esgoto adequado são extremamente essenciais para o desenvolvimento de um município aliado a melhoria da qualidade de vida da população em questão. Sendo assim, o sistema de tratamento de efluentes sanitários visa atender em um só local, gradativamente, toda a demanda do município, caracterizando- se como mais uma obra necessária a estar sendo realizada em benefício da qualidade de vida da população.

ETE Municipal
ETE Municipal
ETE Municipal
Morada do Sol
Morada dos Ventos

Curta Nossa Página

Av. Monte Líbano- Prédio do Saci, s/n - Centro, Paragominas/PA, CEP: 68.628-200 - Ver localização no mapa.
CNJP: 10.575.398/0001-48 | Fone: (91) 3729-8018 | Fax : 3729-8018
© 2014 - Agência de Saneamento de Paragominas